GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN BATE NAS CRIANÇAS

Você acha normal propaganda feita pra criança? Sobretudo em casos de alimentos e bebidas pobres em nutrientes e com alto teor de sódio e açúcar? Se você respondeu que sim, que acha normal, talvez o seu candidato seja mesmo o Sr. Geraldo Alckmin.

Em janeiro do ano passado, o nosso governadorzinho vetou o Projeto de Lei Nº 193/2008. O projeto, que tratava, obviamente, apenas do âmbito estadual, restringia a publicidade de alimentos e bebidas do tipo dirigida ao público infantil.

Importante ressaltar: a lei, que o nosso governadorzinho vetou, restringia apenas a publicidade de alimentos tidos como nocivos à saúde da criançada. Não falava de toda e qualquer publicidade voltada a esse público. Mesmo assim, essa lei não pareceu suficientemente razoável pra tocar o coraçãozinho do Geraldo.

Diversos países proíbem ou restringem fortemente todo tipo de publicidade dirigida às crianças. E não apenas propaganda de alimentos prejudiciais ao corpinho da criançada. Sobretudo os chamados “desenvolvidos” (como, por exemplo, Suécia, Holanda, Dinamarca, Alemanha e Canadá).

Pra quem tiver interesse e quiser se aprofundar no tema, recomendo o documentário “Criança, a alma do negócio”. Há muitas passagens interessantes no filme. Citarei apenas duas.

A primeira é quando uma psicóloga pede que um grupo de crianças identifique animais em fotografias. Elas erram tudo. Depois, pede-se que o mesmo grupo identifique o logotipo de marcas famosas (como Vivo e Motorola). Elas acertam tudo.

É claro que temos a magia da edição (o que torna a cena ainda mais angustiante para o espectador). Mesmo assim, é desagradável ver a criançada não conseguindo identificar uma capivara, mas identificando (prontamente) o logo de uma empresa de telecomunicações.

A segunda: pede-se que crianças identifiquem frutas e verduras. Elas têm grandes dificuldades em fazer isso. Todavia, quando são apresentados produtos industrializados (como salgadinhos), a história é outra. É tudo muito familiar.

Se você desconhece os riscos potenciais, por exemplo, de uma ingestão de sódio acima do recomendado, sugiro que faça uma busca pela internet unindo as palavras “sódio” + “riscos”. Depois, outra sugestão, escreva para os seus amigos pedindo pra não votar em um determinado candidato que eu não vou repetir o nome, mas que só faz molecagem.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s